Notícias

Assaltantes de Carros-Fortes e Bancos morrem em confronto com a polícia no Sertão de Pernambuco

Na tarde desta sexta-feira dia (12), equipes da Companhia Independente de Policiamento Especializado CIPE-CAATINGA, da Polícia Federal e Policiais Militares do 5º BPM desmontaram uma quadrilha que explodiu um Carro-Forte, no dia 28 de dezembro de 2017, na BA-210, em um trecho entre os municípios de Juazeiro e Curaçá, no Sertão da Bahia.

Três criminosos foram localizados, na cidade pernambucana de Petrolina, e com eles apreendidos uma carabina calibre 30, uma pistola ponto 40, um revólver calibre 38, farta munição, dinheiro, dois veículos, entre outros materiais.

A quadrilha vinha sendo acompanhada por investigadores da PF, que, confirmando a localização, montaram a operação em conjunto com as equipes da Caatinga e de Pernambuco. Eles estavam escondidos na zona rural de Petrolina, no condomínio Haras Pé de Serra I, Roque Alves Godin, o ‘Boy’, natural de Salgueiro, José Carlos de Barros, mais conhecido como ‘Quina’, natural de Salgueiro, ambos com mandados de prisão em aberto, e Aldenor Manoel de Aquino, natural de Carnaubeira da Penha.

 

Eles reagiram à abordagem, foram atingidos, socorridos, mas não resistiram. O trio, natural de Pernambuco, foi autor também de um roubo ao banco Bradesco, na cidade pernambucana de Santa Filomena.

De acordo com informações da PM, os policiais estavam espalhadas pelo interior do estado com o intuito de bater de frente com essas quadrilhas que atuam roubando instituições financeiras. Na maioria das vezes, reagem e a resposta tem de ser firme e proporcional”, declarou o comandante do Policiamento Especializado (CPE) da Polícia Militar, coronel Humberto Sturaro.

O oficial destacou também a dedicação e empenho das tropas que estão sempre prontas para qualquer missão. Todo o material apreendido foi encaminhado para a Delegacia da PF, em Juazeiro, onde será realizada as medidas de praxe.

Via O Povo com a Notícia

Tags

Elvis Lima

Jornalista, blogueiro, apaixonado pelo sertão nordestino.

Artigos relacionados

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *